DSC 7337

No domingo (02/12), na Arena de Deodoro, o Volta Redonda Ballers venceu o São Gonçalo no segundo jogo da final da Liga B por 69-67.

A equipe do Volta Redonda entrou em quadra precisando de uma vitória para conquistar o campeonato da Liga B e desde o começo vimos um jogo bem equilibrado, que culminou com uma partida eletrizante no final. Nenhuma das duas equipes deixava o placar esticar e no fim, o time do Ballers se mostrou mais eficiente no ataque e conseguiu sair campeão da Arena de Deodoro.

O destaque do Ballers ficou para o Silvio Adriano, que terminou o jogo com 13 pontos e 8 rebotes.

A partida teve transmissão ao vivo no facebook da Liga Super Basketball. Confira o VT da transmissão:

Published in Liga B
Sábado, 01 Dezembro 2018 09:49

Domingo é dia de finais na LSB

 

47319761 2010293625660012 60075206512738304 n

Neste domingo (02/12) a Liga Super Basketball vai ter um dia repleto de finais de diversas categorias na Arena da Juventude em Deodoro e o melhor, algumas terão transmissões ao vivo pelo Facebook e Youtube da LSB.

A primeira final transmitida já acontece às 9 da manhã entre Club Municipal e All Basket pelo Livre Feminino. A equipe do Municipal já está 1 a 0 na série e pode fechar amanhã e se tornar bicampeã. A segunda partida transmitida será às 11 da manhã entre Oásis/FGS/Trovões e 3 Rios pelo Estadual Amador. A equipe do 3 Rios venceu o Oásis na primeira partida e pode fechar a série, conquistando o seu primeiro título na LSB.

A última partida que vai ter transmissão, será entre Volta Redonda Ballers vs São Gonçalo às 12:30 pela Liga B. No primeiro jogo, o Volta Redonda conseguiu uma importante vitória e pode se tornar campeão já neste domingo.

Mas não teremos só essas finais. No jogos que não vão ter transmissão, teremos as finais do sub-14/16/18 e da Liga C. Vale lembrar que a entrada é gratuíta para todos esses jogos.

Então, você vai perder a oportunidade de ver de perto essas finais? Não né?

Nos encontramos neste domingo na Arena da Juventude.

Published in Estadual

sgunf

No último domingo (11), teve o segundo jogo da semifinal da Liga B entre União Nova Friburgo vs São Gonçalo na Vila Olímpica de Mesquita e o time de São Gonçalo venceu por 64-36, se garantindo na final de 2018.

A equipe do São Gonçalo mostrou um jogo consciente ao longo da partida e soube trabahar muito bem a bola, dificultando os contra-ataques do adversário. A equipe espaçou bem a quadra e viu o Pedro Guido ser o cestinha da partida com 15 pontos (4 de 3 pontos) que no fim foi decisivo para o placar final.

O time do União Nova Friburgo não mostrou muita reação em quadra, mas ainda viu o Marcelo Maia fazer um duplo-duplo tendo 11 pontos e 11 rebotes.

Vale lembrar, que as equipes semifinalistas da Liga B já estão classificadas para o Estadual Amador 2019.

Veja alguns lances da partida e a entrevista que eu fiz com o Rogger.

Published in Liga B

sg

No domingo na Arena da Juventude em Deodoro, o São Gonçalo enfrentou o F2BM e não teve muitas dificuldades para vencer por 61-40. Os jovens do F2BM até tentaram conter o bom ataque do time adversário, mas viram o Gustavo Almeida fazer 16 pontos e 21 rebotes na partida e ajudar a equipe de São Gonçalo conquistar a vitória. 

Veja alguns lances.

Published in Liga B

22885794 1461970110547977 631687870370651780 n

No final de semana, eu conversei com o Pedro Guido que hoje atua no time São Gonçalo e ele falou porque saiu do bicampeão Kobras e do projeto de São Gonçalo.

Published in Liga B

SG

Em uma partida que era muito esperada na Liga B, o São Gonçalo enfrentou o Anchieta Fears e conseguiu uma ótima vitória por 72-63. O time de São Gonçalo mostrou uma boa rotatividade do banco de reservas e com a sua segunda unidade pontuando mais (32-13), a equipe conseguiu controlar a partida e impediu qualquer tipo de reação do Anchieta.

No final, conversamos com o Felippe Rodrigues (15 pontos e 5 rebotes) que foi um dos destaques da equipe ao lado do Pedro Guido (18 pontos).

Published in Liga B

Outra partida que de abertura da série ocorreu entre São Gonçalo Basquetebol e Macaé Epic.

As duas equipes foram a Vila Olímpica de Mesquita medir forças, na busca de uma vaga para as quartas de final da LIGA B.

Sao gongo x maca jogo 1

O jogo

1º Período

A partida começou bastante pegada, com muitas disputa física, com os jogadores tendo que lutar para fazer valer a posse de bola.

Melhor para o São Gonçalo Universo que com uma defesa sufocante conseguiu explorar os contra ataques para pontuar e carregar os adversários em faltas.

Com isso o São Gonçalo terminou à frente 21 x 13.

2º Período

Com excelente controle da partida o técnico do São Gonçalo conseguia rodar toda a sua equipe sem que com isso tivesse prejuízo no domínio estabelecido sobre  o adversário.

Sem encontrar contramedida para o domínio do adversário o Epic foi para o intervalo tendo que lidar com uma desvantagem de 37 x 23.

3º Período

Com o início do segundo tempo de jogo o Macaé trouxe um pouco mais de agressividade a sua defesa, fato que em um primeiro momento tirou a fluidez do ataque adversário, contudo não foi o suficiente pra trazer uma mudança considerável ao placar.

Esse novo aspecto mudou a cara do jogo, inflamando atletas de ambos os lados. Novamente coube ao São Gonçalo Universo retomar as rédeas da partida se impondo com.uma enterrada monstruosa de Gustavo Almeida.

Por tudo isso o São Gonçalo fechou a frente por 52 x 31.

4º Período

Com a vantagem estabelecida coube ao São Gonçalo administrar a partida e garantir a vitória por 63 x 40 na abertura da série de oitavas de final.

Destaques

Felippe Rodrigues(São Gonçalo): 7pts, 5reb, 4ass, 5rou e 1toc;

Paulo Renato (São Gonçalo): 9pts, 2reb, 3ass e 5rou.

Published in Liga B

Os playoffs da Liga B correm a todo vapor. Após uma primeira rodada extremamente disputada, às Oitavas de final chegam com um tempero a mais. As equipes de melhor campanha da fase de classificação (Mackenzie, São Gonçalo, The Brothers, Jequiá, FBMRJ, Hoops, Queimados e Imp. São Cristóvão), se juntam a disputa.

E esse post é exatamente pra falar sobre estas equipes. Desde as primeiras rodadas, as da fase de classificação, estas equipes se apresentaram como principais favoritas ao título da LIGA B e um eventual acesso ao Campeonato Estadual Amador, na próxima temporada.

playoffs liga b

Ocorre que, com a reta final da fase de classificação, e a primeira rodada de playoffs, as atenções se voltaram para outras equipes, deixando um pouco de lado esses ditos favoritos.

Sendo assim, resolvi um por um e ressaltar um aspecto de cada uma dessas equipes, que as tornam algumas das favoritas ao título da LIGA B:

Mackenzie: A jovem equipe do Méier, já provou mais de uma vez suas qualidades, com nomes promissores como João Vitor. E apesar de muitos verem sua juventude como um ponto fraco, acredito que um dos fatores que podem representar o desequilíbrio em favor da tradicional equipe do basquete carioca é o seu técnico. Felipe Alexandre é sem dúvidas um dos melhores (provavelmente o melhor técnico da LIGA B), o que pode eventualmente compensar a inexperiência dos atletas e impulsioná-los na disputa do título.

FMBRJ: Outro time de muita qualidade, que só terminou em segundo lugar no grupo, porque perdeu o confronto direto pro Mackenzie em uma partida que contou apenas com quatro jogadores a maior parte do tempo. Conta com uma arma nada secreta para brigar pelo caneco, Rafael Pougy. O pivô foi o único jogador da LIGA B a ser convocado para seleção da LSB, e ao lado de Diego Santana são o esteio desta equipe.

São Gonçalo: Sem sombra de dúvidas é o time menos badalado entre os oito que iremos citar, mas isso não quer dizer que é menos perigosa. As esperanças da Equipe de São Gongo, reside na dupla Paulo Renato e Felippe Rodrigues. Juntos os atletas combinam para uma média de 23,83pts, 10reb 4,67ass, 6,83rou, 0,67toc por partida.

Queimados Warriors: Outro time que desperta bastante atenção é os Warriors. A equipe de Pezão, Duda e Moises, chama bastante atenção pela qualidade, mais chama ainda mais pela velocidade de seu jogo. Somando a isso o atleticismo de alguns atletas, o ritmo imposto pelo time laranja e roxo pode ser uma ferramenta mortal na disputa pelo título.

The Brothers: Uma equipe tradicional, sempre cotada entre as favoritas, tem grandes nomes que sempre são alvo da atenção de seus adversários, como Leonardo MIB e Diego Henrique. No entanto, acredito que um dos ponto mais fortes desta equipe esta na dupla Daniel/Erick. Ambos são jogadores pouco badalados mas que tem um basquete extremamente consistente. E diversas vezes aparecem como opções de segurança nos momentos mais críticos da equipe. Fazem pouco barulho mas com um basquete gigante.

Império São Cristóvão: Impossível falar de Império São Cristóvão, e não falar de Rafael Assis da Silva, ou como o basquete carioca aprendeu a chamar Rafael Hambúrguer. Não fosse suficiente o apelido cativante, o jogo dele também é arrebatador. Um pontuador nato, ostenta a quarta colocação em média de pontos por jogo, tudo isso sem perder o controle de sua equipe, o que se vê refletido em outros números como o fato de ser um dos 10 jogadores mais eficientes da competição.

Jequiá: Antes de mais nada, cabe esclarecer que a equipe do Jequiá é a atual vice campeã do Campeonato Estadual amador, e só não está disputado junto à “elite” da LSB, por uma opção administrativa da própria equipe, que sofreu baixas importantes no seu elenco. Só por isso, já conseguimos corroborar a qualidade do time da Ilha do Governador. Contudo, um ponto que sempre pesa Jequiá é o fator casa. Quem já jogou playoffs, na casa do clube alviceleste, sabe como o ambiente pode ser um fator relevante em uma disputa tão importante.

Hoops: Por último, mas com certeza não menos importante o Hoops Basketball é uma equipe que merece ser respeitada. Outro time que também não chama muita atenção, a equipe comandado por Gabriel Mineiro tem se mostrado bastante equilibrada e capaz de lidar com momentos adversos com bastante frieza. um fator preponderante quando falamos de playoffs.

Published in Liga B
Top