Neste domingo dia 18 de março, a Liga Super Basketball pode “invadir” a até então desativada Arena da juventude e dar destinação social e esportiva a mais um legado olímpico. Foram 10 jogos em duas quadras e as estrelas da LSB puderam desfrutar de uma estrutura que flerta com as melhores do basketball mundial.

Talvez o jogo mais aguardado do dia aconteceu entre Bad Angels e Meriti Falcons que realizaram a final da Copa Baixada. Partida que teve transmissão ao vivo pelo youtube e pelo Facebook da LSB.


Bad Angels x meriti falcons

 

O Jogo:

 

A partida começou com  extremo equilíbrio. Representando muito bem o basquete de Nova Iguaçu o Bad Angels baseou seu jogo nas jogadas de Augusto Pablo, que como sempre conseguia desarmar a defesa adversária com seus cortes e extrema velocidade.

Já o Meriti Falcons apresentava um basquete mais solidário dividindo bem a bola e caprichando no passe, característica que favoreceu o aparecimento do Patrick, que Imediatamente assumiu um protagonismo na equipe de São João.

No segundo quarto este jogo solidário, que permitia não só ao Patrick, mas também ao Blob e outros atletas do Meriti Falcons selecionar arremessos equilibrados, se juntou ao fato de Marcelo Magal, peça primordial do Bad Angels, ficar esquecido no fundo do banco proporcionaram um baile, dos Falcons que virou o marcador, indo para o intervalo com o placar apontando Falcons 33 x 27 Bad Angels.

Na volta do intervalo, Wallace Pacífico, Augusto Pablo, Alvinho e Magal, subiram o nível de intensidade. O Time de Nova Iguaçu retornou a origem do seu jogo, abusando das jogadas de contato, e se aproveitando do melhor porte físico para produzir jogadas de cesta e falta em profusão, promovendo uma corrida avassaladora, que culminou numa virada no placar, permitindo que o Bad Angels pudesse chegar ao último quarto com uma pequena vantagem 50 x 47.

Na etapa final, coube ao Alvinho roubar a cena foram nada menos que 13 pontos de Alvinho, todos dentro dos três minutos finais do jogo, o que jogou por terra qualquer chance de reação da equipe do Meriti Falcons, garantindo o título para a tradicional equipe de Nova Iguaçu.

 

Destaques:

Magal (Bad Angels): 14pts, 10reb, 2ass, 1rou e 23ef;

Alvinho (Bad Angels): 20pts, 5reb, 2ass, 2rou e 13ef;

Augusto Pablo (Bad Angels): 14pts, 3reb, 5ass , 4rou e 10ef;

Patrick (Meriti Falcons): 18pts, 7reb, 6ass, 4rou e 26ef;

Blob (Meriti Falcons): 11pts, 19reb, 4ass, 5rou, 1toc e 23ef.

Published in Estadual

No domingo o Queimados Warriors enfrentou o Meriti Falcons pelas quartas de final da Copa Baixada em Queimados e perdeu por 69-58. O Meriti Falcons enfrenta o Anchieta Fears na semifinal.

Esse era o confronto mais esperado do dia. As duas equipes já mostraram na competição a sua força e como podem ser mortais quando conseguem impor o seu ritmo de jogo e quem pode ir ver a partida, se deliciou com um belo confronto.

Imaginávamos que seria um jogo disputado do começo ao fim, mas não foi isso que o Falcons apresentou logo no início. O time comandado pelo Jorge “Pupa”, mostrou a sua organização no ataque característica e conseguia espaçar bem a quadra para facilitar as rotações. A equipe conseguiu abrir 30-14 no primeiro período, graças as bolas do perímetro e o Warriors não mostravam ferramentas defensivas para conter as bolas de três pontos. Por sinal, o Falcons acertou 8-22 e o Warriors somente 3-25 nas bolas do perímetro.

O Warriors tentava usar bastante as jogadas no high post e low post com o Moisés Diórginis e Gabriel da Silva. Por sinal, eles foram as principais armas no ataque do time de Queimados. Mesmo jogando bem no segundo período, a equipe fez somente 12 pontos e somados com o primeiro período, a equipe não conseguia superar o primeiro período do Falcons.

Na volta do segundo tempo, o Warriors voltou determinado a reverter o placar e embalado pela torcida presente, o time conseguia forçar turnovers e compactava bem a sua defesa. Aliado ao bom rendimento no ataque, principalmente com as jogadas mais perto do garrafão e arremessos do mid-range, a equipe venceu o terceiro período por 15-7.

Quando o último período começou, o Warriors conseguiu manter o mesmo ritmo do período passado e tudo se encaminhava para uma virada histórica na Copa Baixada. A equipe chegou a conseguir a virada no meio do último quarto, mas quando tudo parecia que ia dar certo para o time da casa, veio a peça mais importante do Meriti Falcons: a organização.

Mesmo chegando a estar atrás no placar, o time não se desesperava e parecia que sabia que a oportunidade de retomar a liderança ia aparecer e foi isso que aconteceu. No final da partida, o Warriors escolheu mal os ataques e forçou arremessos. A cada erro, o time era punido com um ataque efetivo do Falcons e quando a equipe visitante conseguiu retomar a liderança no placar, ela nunca mais foi alcançada.

Os destaques da partida foram o Patrick Barbosa com 21 pontos e Leonardo Ferreira com 9 pontos, 6 assistências e impressionantes 18 rebotes

Published in Estadual

Na tarde deste domingo em Anchieta, o Meriti Falcons enfrentou o Santo Elias em mais uma rodada da Copa Baixada e o Falcons venceu por 86-52.

Em uma partida que era muito aguardada no dia, vimos mais uma vez a organização tática e a qualidade do Meriti Falcons se destacar.

O time comandado pelo Jorge “Pupa”, mostrou desde o início uma boa movimentação sem a bola e uma seleção de arremessos que castigava o Santo Elias.

Foi nas bolas de três pontos, que vimos o Victor Mendes ser o maior carrasco da defesa adversária. Ele acertou 4-7 (57%) nos arremessos do perímetro, terminando com 19 pontos, 6 rebotes, 6 assistências e 3 roubos de bola.

A equipe do Falcons além de render bem no ataque, o time conseguia fazer uma boa defesa em zona. Principalmente quando o armador pressionava acima da linha de três pontos e a cobertura era bem-sucedida.

O time do Santo Elias que é uma equipe mais experiente e conta com um garrafão mais forte fisicamente, não conseguia acionar as jogadas no low post. Com isso, o armador Natan Alves e o ala Marcos Paulo assumiram o papel de scorer da equipe.

Mas contra um time que apresentava várias opções no ataque e que conseguia atrapalhar as finalizações dos atacantes, rapidamente a vantagem no placar foi aumentando e em nenhum momento o time do Santo Elias conseguiu esboçar uma reação que preocupasse o Meriti Falcons.

No fim, vimos mais uma ótima vitória do Pupa e os seus comandados.

Published in Estadual

Neste domingo (21/01) no Esporte Clube Anchieta, o Meriti Falcons enfrentou o Rappers Basketball por mais uma rodada válida pela Copa Baixada. No final, o Meriti venceu por 97-69.

A partida foi marcada pelo desiquilíbrio entre as duas equipes. O time do Falcons mesmo indo com poucos jogadores, conseguiu desde o início controlar a partida e ditar o ritmo.

Tendo o Leonardo Ferreira (22 pontos, 24 rebotes e 7 assistências) sendo dominante dentro do garrafão e o Patrick Barbosa (24 pontos, 8 rebotes e 6 assistências) como uma opção efetiva no ataque.

O time comandado pelo Jorge “Pupa” usou bem a rotação ofensiva e sem a bola. O time conseguia achar bom um mismatch, quando aplicava a movimentação sem a bola e defensivamente, o time fazia bons box outs e cobria bem os espaços do perímetro.

O Rappers tentou bastante e o melhor caminho pelos irmãos Marins, Fernando e Fabiano. Os dois combinaram para 54 pontos, 19 rebotes.

Mas o ritmo muito forte do Falcons, fez com que a equipe fosse para o intervalo vencendo por 51-28.

A partir daí, ficou improvável a reação do Rappers. Mesmo vencendo o último quarto por 24-23, o Rappers terminou atrás no placar.

Published in Estadual

No domingo (07/01), tivemos os primeiros jogos da Copa Baixada do ano e temos alguns destaques para você que perdeu os jogos que aconteceram no Colégio Metodista em Queimados.

Bad Angels 58 vs 62 Queimados

As duas equipes terminaram o ano passado com vitória e entraram em quadra para ver quem começaria com o pé direito no ano. Quem se saiu o melhor, foi o time da casa.

A equipe de Queimados só perdeu o segundo quarto e teve como destaque o Gabriel Silva. O armador terminou o jogo com 30 pontos e 3 rebotes.

Pelo lado do Bad Angels, o destaque foi o Augusto Pablo 18 pontos, 7 rebotes e 4 assistências

BMC 63 vs 69 VQN

No confronto entre duas equipes que vivem o oposto na competição, o roteiro do ano passado segue intacto. O VQN conquistou mais uma boa vitória na Copa e o BMC segue sem vitória na competição.

O grande destaque da vitória do VQN foi o Wesley da Silva com 21 pontos, 10 rebotes e 3 assistências.

Pelo lado do BMC, o destaque foi o Matheus Rogério com 18 pontos, 3 rebotes e 2 assistências.

Atlântico 48 vs 44 Rappers

Em um jogo muito disputado, o Atlântico conseguiu uma vitória apertada sobre o Rappers. Em quartos apertados até o fim, o time do Atlântico conseguiu segurar a vitória mesmo perdendo o último quarto.

O grande destaque da vitória do Atlântico foi o Wellinton de Oliveira com 8 pontos e 3 rebotes.

Pelo lado do Rappers o destaque foi o Fernando Costa com 14 pontos e 4 rebotes.

Strong TX 40 vs 88 Meriti Falcons

Meriti que tinha estreado na Copa Baixada com derrota para o The Brothers, o time se recuperou muito bem logo no início do ano. A equipe fez o primeiro e o último quarto muito dominante e conquistou uma ótima vitória.

O grande destaque da vitória foi o João Bosco com 15 pontos, 10 rebotes e com 23 de eficiência.

Pelo lado do Strong TX, o destaque foi o Jefferson Oliveira com 17 pontos e 4 rebotes.

Published in Estadual

Neste sábado (21/10), o Meriti Falcons e o Vila Kings se encontraram para disputar a partida decisiva desse playoff.

A última partida entre eles, já nos mostrava o quão forte é o time do Kings em comparação do Falcons.

A partida não primorosa para nenhuma das duas equipes. Teve diversos turnovers, ansiedade para finalizar as jogadas e nervosismo para os dois times. Claramente, quem errasse menos sairia vencedor desse confronto.

Com o Fabian Cesar fazendo 21 pontos e pegando 5 rebotes, o Kings aos poucos foi minimizando as suas falhas defensivas e conseguindo pontuar bem no ataque.

O time do Kings não defendia tão bem, mas conseguia trabalhar melhor no ataque. Fazendo uma movimentação ofensiva razoável e trocando bons passes. Aos poucos, o espaço na defesa do Falcons era explorado de forma mais eficiente.

Mesmo o Wesley Santos fazendo 22 pontos, o Meriti sofria para defender e mostrava uma enorme ansiedade para definir as jogadas. O time também sentia o fato de que o seu adversário era mais forte fisicamente em quadra.

Com o passar do tempo, a partida que parecia indefinida foi ganhando forma favorável ao Kings. O time conseguiu achar o seu ritmo de jogo e abriu uma boa vantagem, que não foi superada no fim.

Sendo assim, o Kings venceu o Falcons por 77-57.

Vale lembra que a equipe do Meriti é composta por jovens jogadores e que fizeram a sua estreia na Liga Super Basketball esse ano. O time tem tudo para ter um futuro promissor nas próximas edições da LSB.

Published in Liga B

Neste domingo dia 08 de outubro de 2017, Meriti Falcons encara o Vila Kings pelo jogo 2 da série de playoffs da LIGA B. O time da baixada fluminense tem a vantagem enquanto os Kings jogam pressionados pela para manter a série viva.

 

aaa opt

 

O Jogo:

1º Período

Mais, experiente, mais forte fisicamente, mais rápido, mais qualificado tecnicamente, o Vila Kings entrou em quadra disposto a mostrar toda a diferença que existe entre as duas equipes.

Se a missão estava clara, o trabalho foi extremamente facilitado por Fabian César.

O principal talento da equipe, estava bastante inspirado e colocou todo seu atleticismo a serviço do seu time, que lhes permitiu fechar o quarto inicial com 10 pontos de diferença, 26x16.

 

2º Período

De volta a quadra as duas equipes conseguiram subir o nível de intensidade. A defesa dos Falcons, mesmo não conseguindo acompanhar os adversários, passou a buscar mais os contatos, o que deixou o jogo mais truncado, dificultando a fluidez do jogo adversário.

Por outro lado os Kings sentiram o jogo imposto pelo time de São João, passando a trocar aquele ímpeto ofensivo inicial, por nervosismo e pressa, que culminou em uma série de erros técnicos, em decorrência do própria ansiedade, provocada pelo trabalho da defesa dos Falcons.

Diante deste cenário o técnico dos Kings pediu um tempo para acalmar sua equipe . A estratégia funcionou, na volta do tempo os Kings, passaram a cuidar mais da bola, realizar as movimentações de ataque e abriram ainda mais o placar que já era confortável.

No entanto, quando tudo já parecia controlado, uma mágica bola de 3 pontos convertida por Akeshi dos Falcons alavancou uma reação da equipe que dissipou a vantagem dos Kings, obrigando o técnico adversário a para o jogo mais uma vez a 41 segundos do fim do período na tentativa de preservar a vantagem que ainda existia. Novamente a estratégio deu resultado e o Kings foram para o intervalo vencendo por 47 x 38.

 

3º Período

Na volta do intervalo os dois times passaram a conceder algum espaço, permitindo uma troca de pontos que favoreceu ao Vila Kings, que voltou a ampliar sua vantagem.

Apesar de uma pequena reação dos Falcons no minuto final os Kings foram para o último quarto vencendo por 69 x 56.

 

4º Período.

Com o resultado da partida mais que definido, e com o jogo três garantido, as atenções se voltaram para Wesley Santos do Falcons.

O jogador do time de São João havia chamado muita atenção, por toda movimenta e disposição imposta na partida, muito embora, boa parte disso pudesse parecer um tanto quanto sem sentido e atrapalhado.

O fato é que atrapalhado ou não o jogador dos falcons, ao seu modo conseguia produzir um salseiro danado no time adversário, nos dois lados da quadra. A essa altura as apostas giravam em torno do que aconteceria primeiro: o quádruplo duplo (o jogador já tinha 13pts, 12reb, 11ass e 6rou); ou a eliminação (ele vinha jogando com 4 faltas desde o início do terceiro período).

Com todas as expectativas frustradas: Nem quádruplo duplo, nem eliminação, tão pouco uma reação dos Falcons, coube ao Vila Kings, romper a barreira dos 100 pontos pra dar números finais a partida (102 x 64), e garantir o último jogo da série.

 

KINGS X FALCOSN

 

Destaques:

Gleyson Barbosa  (Vila Kings): 9pts, 9reb, 12ass e 8rou;

Michel Ângelo (Vila Kings): 33pts, 7reb, 5ass, 4rou 1toc;

Fabian Cesar (Vila Kings): 18pts, 4reb, 1ass, 2rou 1toc;

Wesley Santos (Meriti Falcons): 13pts, 13reb, 11ass e 7rou;

Marcos Gomes (Meriti Falcons): 10pts, 4reb e 1ass.

Published in Liga B
Sexta, 15 Setembro 2017 00:45

Slam Dunk supera Meriti Falcons

No dia 07/09, o Slam Dunk enfrentou o Meriti Falcons pela Liga B no Sport Club Anchieta.

Era esperado uma partida muito equilibrada desde o começo. As duas equipes queriam impor o seu ritmo de jogo desde o começo e víamos uma certa ansiedade de ambas as equipes para finalizar as jogadas no ataque.

Porém, o Slam Dunk conseguia aos poucos pontuar. Mesmo não fazendo exemplar no ataque, a equipe conseguia compactar bem a defesa e impedir o ímpeto da equipe de Meriti. Matheus da Silva (16 pontos e 4 rebotes) e Douglas Alexandre (11 pontos e 10 rebotes), foram os grandes destaques da equipe.

Pelo lado do Meriti Falcons, Wesley Santos foi o destaque com 12 pontos e 17 rebotes. O time teve grandes dificuldades para encaixar o seu ritmo e rendeu abaixo do esperado no ataque. Dos 12 atletas que foram para a partida, 5 não pontuaram. Isso mostra como a equipe não encaixou em quadra.

O Slam Dunk não tem nada a ver com isso e aos poucos aproveitou as falhas defensivas do adversário e consegui uma ótima vitória por 58-42.

Published in Liga B

No sábado (12/08), a Vila Olímpica de Mesquita recebeu mais uma partida da Liga B e o NBR/Campos de Goytacazes enfrentou o Meriti Falcons. Veja como foi a partida.

meriti 1

RESUMO DO JOGO

Antes de falarmos propriamente da partida, vale ressaltar os trabalhos desses dois times. O time do NBR vem de longe para jogar partidas na capital e luta contra as dificuldades que a sua cidade encontra.

Mas se falarmos de superação, um dos primeiros times que devemos lembrar, é o do Meriti Falcons. O projeto que retirou esses jovens do risco de ir para o “caminha errado” e incluindo eles em um esporte, merece toda a atenção.

Mesmo não tendo lugar fixo para treinos e até mesmo “brigando” por seu espaço em praças de São João de Meriti (Baixada Fluminense). O projeto mostra a cada dia, que o esporte aliado a educação, é fundamental para o jovem. O Meriti Falcons nos dá uma lição diária nesse sentido.

Fazer um projeto em um país que as diferenças sociais estão cada vez ao nosso lado, só nos mostra que basta querer. Vendo pelo lado esportivo, é prazeroso ver o que o esporte proporciona a esses jovens. Conversando com o idealizador, ele já disse que a equipe deve montar times de base. É o basquete respirando meus amigos e isso é um orgulho enorme para a Liga Super Basketball.

Esses jovens vão ser atletas profissionais? Não sabemos. Viverão de basquete? Não sabemos.

Mas podemos afirmar, que essa experiência está mudando a vida de cada um. Pode ter certeza disso. A cada passo dado em quadra, a cada arremesso tentado, a cada vitória comemorada, a cada derrota sentida como se fosse numa final, o Meriti Falcons saberá que sempre será um vencedor. Pois no jogo da vida real, a equipe da baixada fluminense segue ganhando de lavada.

Mas depois dessa introdução, vamos falar da partida...

As duas equipes entraram em quadra precisando da vitória para buscar uma colocação melhor no campeonato e a partida equilibrada que todos esperavam, não aconteceu.

O NBR começou errando muito a construção do ataque e quando conseguia armar a jogada, a conclusão estava longe da ideal. A equipe perdia arremessos importantes no ataque e teve muita dificuldade para encaixar a sua defesa.

Pelo lado do Falcons, vimos uma equipe buscando o jogo todo no perímetro. Mas diferente do seu adversário, a conclusão estava excepcional. Matheus da Silva acertou 5 de 9 arremessos de 3 pontos, cerca de 55% de acerto.

Vale ressaltar, que a equipe toda terminou com 10 bolas de 3 pontos, então mostra como o Matheus foi importante nesse quesito.

O primeiro tempo terminou com o Falcons vencendo por 32-12 e já mostrava qual seria o ritmo do segundo tempo.

Na volta do intervalo, o NBR ainda errava na conclusão e agora tinha enormes dificuldades para escapar da defesa pressão do Falcons.

Se no primeiro tempo o NBR ainda conseguia criar algumas oportunidades, esse segundo foi um domínio da equipe de Meriti. O Lucas Corsino foi o grande destaque da equipe, terminando com 15 pontos e 14 rebotes.

Pelo lado do Meriti, as bolas seguiam caindo na cesta adversária e parecia que não iria parar. Matheus Silva (17 pontos) e Marlon Douglas (16 pontos e 12 rebotes), foram os grandes destaques do time da baixada fluminense.

No fim, o Meriti Falcons saiu da Vila Olímpica de Mesquita com uma ótima vitória por 61-36.

Published in Liga B
Top