Sexta, 06 Outubro 2017 18:15

Playoff Liga B - Jogadores para você ficar de olho (Parte 2) Featured

Written by

Os playoffs da Liga B já começaram e alguns atletas merecem a sua atenção. Nessa segunda parte, listamos alguns atletas que você tem que ficar de olho:

Marisquinho (Jequiá Iate Clube) – O armador da equipe da Ilha do Governador, é um dos jogadores mais eficientes dessa categoria. Com boa mobilidade no ataque e um bom arremesso do mid-range, faz dele essencial para o Jequiá chegar longe nesses playoffs.

Gustavo Schuenck (União Basketball/Nova Friburgo) – O talentoso forward, é um grande scorer da sua equipe. Pontua bem do perímetro e do mid-range, mas ajuda bastante quando assume o papel de playmaker. Na defesa, ele faz muito bem a marcação 1-1 e consegue fechar bem o garrafão.

Jefferson Oliveira (Strong TX) – Jogando como forward, ele faz bem o papel de power forward. Sendo eficiente no trabalho perto do garrafão. Ajuda bastante nos dois lados da quadra, pegando rebotes e pontuando bem no low post.

Rafael Hambúrguer (Império São Cristóvão) – Armador que possui o instinto de atacar a cesta. Jogador com boa visão de jogo, bom passe e que consegue espaçar bem a quadra. É eficiente nos arremessos do mid-range e é um legitimo scorer.

Marcos Javan (Campo Grande Spartans) – Jogador eficiente desde a temporada regular. Ele consegue fazer bons layups, ajuda bem na compactação defensiva e na briga pelos rebotes.

Welinton Magrão (Atlântico) – Forward que possui um bom footwork, boa mobilidade ofensiva. Trabalha bem quando busca as infiltrações laterais e ajuda a marcar atletas que trabalham próximo ao garrafão.

Felippe Rodrigues (São Gonçalo Basquetebol) – O foward de São Gonçalo, é um legitimo scorer e que possui um bom jump shot. Tem um bom arremesso do mid-range e usa bem a sua mobilidade ofensiva para criar espaços para o seu arremesso.

Gabriel Lontra (Macaé Épic) – O bom small forward da equipe, pontua bem no jump shot, após o drible e é um bom playmaker para sua equipe. Espaça bem a quadra, tem um bom ball handling e um bom passe.

Guilherme da Rocha (Baskeire Legends) – Ele é um armador talentoso e que faz muito bem os fundamentos da posição. Tem um bom ball handling e consegue pontuar bem após o drible.

Rafael Pougy (FBMRJ) – É provavelmente o melhor jogador da LSB nesse ano. Atleta completo ofensivamente. Tem um alto QI de basquete, possui um arremesso consistente, boa visão de jogo e consegue dar bons passes

Matheus Nascimento (SlamDunk) – Jogando de forward, ele ajuda na criação e na finalização de jogadas. Tem um bom QI de basquete e apresenta uma boa movimentação ofensiva. É consistente nos arremessos do mid-range.

Bruno Tapajós (VQN) – É um dos grandes point guards dessa categoria, que busca o shoot first e tem um bom passe. Consegue liderar a equipe e faz com que o seus companheiros pontuem bem usando a sua boa visão de jogo para deixá-los livres para o arremesso. Possui bom arremesso de média distância e faz ótimos layups laterais.

Read 157 times Last modified on Sexta, 06 Outubro 2017 22:16
Felipe de Souza

Felipe Souza é o criador do site HSBasketballBR e co-criador do Live College BR. Ele escreve para o site americano D1Vision e para o Jumper Brasil. Faz trabalho de Scout nas horas vagas e acredita que o estudo diário do basquete, faz dele um profissional melhor.

https://twitter.com/HSBasketballBR
Top