No último domingo dia 11 de março de 2018, mais uma vez o Complexo Esportivo Miécimo da Silva abriu as portas do Ginásio Zenny de Azevedo, para abrigar uma rodada da LSB.

A terceira partida do dia aconteceu entre Salgueiro Basketball e Mad Lions.

Salgueiro

 

O jogo:

 

1 Período:

Já haviam corrido mais de dois minutos quando Gabriel Fernandes abriu o marcador para o Mad Lions com um chute de média distância.

A cesta deu moral ao Mad Lions que ampliou com um bola de três de Fernando Barbosa e mais dois lances livres do próprio Gabriel.

O bom início do Mad Lions (7 x 0), obrigou o técnico do Salgueiro a para o jogo, na tentativa de reequilibrar as ações. O pedido de tempo surtiu efeito o Salgueiro fechou a defesa e contra atacou para  cortar a diferença para uma posse de bola.

O primeiro quarto se manteve extremamente equilibrado, com o Mad Lions mantendo a vantagem de apenas uma posse de bola (9 x 7).

 

2º Período:

Com as duas equipes de volta a quadra, o Salgueiro além de conseguir congestionar o garrafão o que já havia dado resultado, ainda conseguiu conter a correria do Marvin, a força motriz do Mad Lions.

Com o adversário bem controlado o Salgueiro assumiu a liderança chegando a abrir 13 a 9, o que provocou o pedido de tempo do Mad Lions.

Depois do tempo o jogo ficou bem.mais duro, com algumas jogadas mais ríspidas.

Aos poucos o Mad Lions conseguiu emplacar sua velocidade em uma ou outra jogada, mas não foi suficiente para mudar a liderança.

As duas equipes foram para o intervalo com o Salgueiro a frente 18 x 16.

 

3º Período:

Depois do intervalo as duas equipes passaram a trocar pontos, situação que consolidou a liderança do Salgueiro que a essa altura cometia menos desperdícios de posse de bola.

A liderança parece ter feito mal ao Salgueiro que parou de brigar pelos pontos no garrafão focando nos arremessos de média distância, que não apresentavam o mesmo resultado.

Melhor para o Mad Lions que virou o jogo numa bela bola de 3 de Gabriel, e segurou uma vantagem de três pontos para o último quarto (29 x 26).

 

4º Período:

A pequena vantagem do Mad Lions foi pulverizada logo no início da última etapa. Ainda não haviam corrido 2 minutos de jogo e o Salgueiro havia promovido uma corrida de 6 x 0. Este cenário obrigou o Mad Lions a pedir tempo.

O pedido de tempo não surtiu muito efeito e o Mad Lions ainda viu o Salgueiro ampliar a vantagem pra mais de dez pontos, antes que pudesse converter sua primeira cesta no quarto.

O apagão do último período custou caro e permitiu ao Salgueiro apenas administrar o jogo para conquistar a vitória.

 

Destaques:

Adalberto Rosa (Salgueiro):  9pts, 13reb 1ass, 3rou e 15ef;

Douglas Silva (Salgueiro): 9pts, 21reb e 17ef;

Gabriel Fernandes (Mad Lions): 17pts, 6reb, 1ass, 2rou e 15ef.

Published in Liga B

A fase de classificação da Liga B está chegando ao final. Neste domingo mais uma vez o Ginásio Zenny de Azevedo no Centro Esportivo Miécimo da Silva, em Campo Grande abriu as portas para receber uma rodada da LSB.

A terceira partida da tarde ficou por conta dos veteranos do Master +45. O ABVRJ encarou o Salgueiro pela fase de classificação da temporada 2017.

As duas equipes ocupam as duas últimas colocações da tabela de classificação. No entanto, enquanto o Salgueiro não tem mais chances de classificação o ABVRJ ainda sonha com os playoffs.

avbrjxsalgueiro

O Jogo:

Antes mesmo da bola subir as duas equipes em um gesto de muito bonito, já emocionaram todos os presentes, se reunindo no centro da quadra ao prestar uma bela homenagem à um companheiro de longa data o Sr. Aloysio Ribeiro, atleta do Master +45 do Botafogo, que havia sido vítima de um infarto dias antes.

Após o minuto de silêncio, atletas e público aplaudiram juntos como último gesto de homenagem.

 

1º Tempo:

O jogo começou com ambas as equipes se respeitando e movimentando muito bem a bola no ataque. Pelo lado do Salgueiro sos destaques eram João Carlos que levou vantagem invadindo o garrafão e alternando entre bons passes e arremessos precisos e Luiz Cláudio que desde a primeira jogada da partida mostrou uma disposição monstruosa a cada posse de bola, e foi de longe quem melhor aproveitou os bons passes do João Carlos.

Pelo ABVRJ a Trinca Pedrinho e Paulo Pestana e Júlio Gomes sobravam na quadra. Enquanto Júlio travava um belíssimo duelo na área pintada contra Luiz Cláudio do Salgueiro, a dupla do perímetro fazia chover arremessos dignos de highlight.

 

2º Tempo:

Apesar do início disputado não demorou muito para o ABVRJ assumir o controle do jogo e abrir vantagem no placar.

Por se tratar de um jogo da categoria Master +45, inclusive por não contarem com banco no jogo de hoje, surpreendeu bastante o nível de intensidade mantido durante toda a partida, que sábia mente teve os pedidos de tempo administrados por ambos os lados como meio de descansar os atletas.

No final, com as duas equipes já realmente desgastadas, coube ao ABVRJ controlar a partida e vencer por 65 x 43.

 

Personagem:

Depois do jogo Julio Gomes comentou a vitória e o espírito da equipe para o restante da temporada: “Hoje nós jogamos como um time, tivemos muitos desfalques durante todo o campeonato. Hoje nós convencemos um ao outro que valia a vitória pelo time que veio jogar, então vamos acreditar até o final”.

 

Destaques:

Julio Gomes (ABVRJ): 20pts, 22reb, 3ass, 2rou e 2toc;

Pedro Vieira (ABVRJ): 18pts, 10reb e 1toc;

Paulo Pestana (ABVRJ): 18pts, 5reb, 6ass e 2rou;

Luiz Claudio (Salgueiro): 11pts, 23reb, 5ass e 3rou.

Published in Master
Top