Nesse domingo, o Centro Esportivo Miécimo da Silva recebeu os jogos das finais da Liga Super Basketball nas categorias Estadual Amador e do Livre Feminino.

A primeira partida do dia, foi o confronto entre Club Municipal e o Impacto Basket pelo Livre Feminino.

Antes de falar sobre a partida, vale lembrar o que envolvia esse jogo.

Além de ser o jogo que poderia dar o título ao Impacto, a partida seria o reencontro entre Joyce Falcão e Camila Tomaz. As duas jogadoras se envolveram em um lance polêmico na primeira partida e tinha tudo para que a rivalidade na primeira partida entrasse em quadra nesse jogo.

O JOGO

Imaginavamos que o jogo teria as duas equipes com “sangue nos olhos” brigando por todas as bolas até o fim e isso não aconteceu. O time do Municipal desde o começo da partida apresentou um ritmo intenso na partida.

O duelo entre Joyce e Camila, ficou ofuscado pelo o que a Débora fez na partida. O ritmo intenso que o time comandado pelo Gabriel Dutra colocou na partida, passou pelo o desempenho absurdo da Débora Reis e da Bruna Gama.

A equipe do Municipal fez desde o início um bom controle de jogo no ataque, buscando trabalhar bem a bola até achar uma companheira de equipe livre para a finalização. Nesse momento que a Bruna apareceu muito bem. Ela foi de longe a jogadora mais consistente da equipe. Conseguiu cadenciar bem a partida, deu bons passes, finalizava bem e busca sempre fazer o simples.

Aliado a Bruna, a Débora foi “monstruosa” nos dois lados da quadra. Se na primeira partida ela já tinha conseguido dificultar a vida da Amanda Oliveira, nesse jogo ela praticamente engoliu a jogadora do Impacto. Dos 5 tocos que a Débora deu, 3 foram na Amanda e quando foi acionada no ataque, ela entregou quase todas as jogadas terminando em pontos ou em faltas recebidas.

Ela também ajudou bastante nos rebotes nos dois lados da quadra e foi fundamental para o time da Tijuca se manter sempre à frente do marcador.

Débora terminou o jogo com 13 pontos, 21 rebotes (10 ofensivos) e 5 tocos. A Bruna ajudou com 15 pontos, 5 rebotes e 3 assistências.

Deixo uma menção honrosa a Luciana Aparecida (15 pontos e 18 rebotes).

Pelo lado do Impacto, a equipe não mostrou o time que todos conhecemos. A equipe que é um dos times mais técnicos da competição, não conseguiu impor o seu jogo.

Mesmo a Amanda não se saído bem contra a Débora, ela foi a grande destaque do time em pontuação com 20 pontos e 9 rebotes. Mas a jogadora que tentou organizar a equipe em todo o momento e trazer as suas companheiras para a partida, foi a Taliciane do Nascimento.

A talentosa armadora, tentou desde o início achar espaços na defesa adversária e colocar o Impacto na partida. Ela terminou com 13 pontos e 8 roubos de bola.

Na primeira partida entre as equipes, uma terceira jogadora ajudou muito a dupla Amanda e Taliciane em quadra, principalmente dentro do garrafão e ela foi a Karine Martins. Mas foi justamente isso que faltou para o time do Impacto, aparecer pelo menos uma jogadora para ajudar ofensivamente a equipe da baixada fluminense.

No final, o Municipal dominou o jogo desde o inicio e venceu por 62-54 o Impacto. Com essa vitória, o Municipal igualou a série e levou a final para o jogo 3.

Quer saber o que aconteceu na partida da final do Estadual Amador entre Municipal e Kobras? Leia a ótima matéria do Diogo Aquino, famoso General Aquino.

Published in Livre Feminino

Na partida mais aguardada do dia, o Impacto recebeu o Municipal em um jogo eletrizante. No final, o time do Impacto venceu por 57-53 e saiu na frente no confronto.

O time do Municipal começou muito bem. Tendo a Maria Luísa dando o seu cartão de visitas com uma bela cesta de 3 pontos e o time fazendo uma boa marcação dentro do garrafão.

Destaque para o confronto que se iniciava entre Débora Reis do Municipal e Amanda do Impacto.

A equipe do Municipal mostrou desde o início, algo que faltou muito para a equipe na temporada regular: boa defesa no garrafão e transição inteligente no ataque.

O jogo perfeito que o Municipal conseguiu emplacar no começo da partida, foi se desfazendo aos poucos no segundo quarto.

Com o apoio da torcida local e contando com erros sequenciais, o Impacto tira mais de 8 pontos de diferença e vai para o intervalo empatado com o Municipal por 23 pontos.

Quando os times voltaram para o segundo tempo, vimos a continuação da primeira metade do jogo. O Impacto conseguiu controlar melhor a bola no ataque e selecionou melhor os arremessos.

O time do Municipal continuava errando bastante no último ato das jogadas é isso possibilitava a equipe do Impacto se distanciar na partida. A diferença só não foi maior, pois as bolas do perímetro da Maria Luísa e as jogadas individuais da Carol França, foram a válvula de escape da equipe.

Além da ótima partida que acontecia em quadra, um outro confronto chamava mais a atenção: Débora e Amanda.

Mas esse confronto foi desigual toda a partida. A Débora foi amplamente superior, conseguindo pontuar em cima da Amanda e distribuía belos tocos na defesa. Mesmo a Amanda perdendo essa disputa dentro do garrafão, o Impacto contou com um jogo quase perfeito da Karine Martins no ataque.

Ela foi a melhor alternativa no ataque para o Impacto em diversos momentos e parecia a jogadores mais sóbria da equipe em todo o jogo. A jogadora terminou com 16 pontos e 16 rebotes.

O que parecia ser um jogo tranquilo para o Impacto por causa do ótimo trabalho no segundo tempo, ganhou tons dramáticos e os pontos eram disputados com unhas e dentes.

Mesmo com todos os esforços, o Municipal não foi capaz de reagir e a forte equipe do Impacto abriu 1-0 na série e está mais perto do título da categoria.

Published in Livre Feminino
Segunda, 30 Outubro 2017 15:12

Quem vence a primeira: Impacto ou VemSer?

Nessa quinta-feira (02/11), começa as semifinais da categoria Feminina no Sport Club Mackenzie e será o confronto entre Impacto contra VemSer.

O time comandado pela dupla, Taliciane e Amanda, mede forças contra a boa equipe da Milena e Ana Beatriz.

No último confronto, o VemSer se saiu melhor superando o Impacto por 63-54.

Os destaques foram a Amanda que teve um duplo-duplo (21 pontos e 10 rebotes) e a Milena com 14 pontos e 5 rebotes.

A promessa é mais um grande jogo entre as equipes. A pergunta que fica é: quem sai na frente dessa série?

Published in Livre Feminino

Neste domingo (17/09), o Impacto Basket enfrentou o Municipal no Club Municipal pela categoria Feminina.

Essa foi a última partida de ambas as equipes pela temporada regular e o resultado foi determinante para os playoffs da categoria.

A equipe do Impacto chegou nessa partida após ser derrotada pela a equipe do VemSer na semana passada e entrou buscando a sua recuperação. 

O Municipal estava com um enorme hiato no seu calendário e vem fazendo uma sequência de jogos importantes. A partida para a equipe tijucana, valia para melhorar a sua colocação no campeonato.

No fim, o time do Impacto venceu por 72-59 e foi liderado por três importantes jogadoras: Amanda de Oliveira (17 pontos e 10 rebotes), Karine Martins (18 pontos e 12 rebotes) e Camila Tomaz (16 pontos e 8 rebotes).

Pelo lado do Municipal, a grande destaque foi a Débora Reis com 13 pontos e 7 rebotes.

Com esse resultado, o playoff ficou assim:

NBR vs Municipal

Impacto vs VemSer

Published in Livre Feminino
Top