Ontém a noite no Clube Municipal, em partida emocionante, decidida na última bola os donos da casa venceram a Faculdade Gama e Souza, e de quebra asseguraram garante o primeiro lugar do grupo na fase de classificação.

municipal x trovoes

A equipe comandada pelo excelente Gabriel Dutra teve pouco tempo pra se recuperar do revés de domingo. Voltando à quadra nesta quarta-feira a equipe precisou se recompor rapidamente, para decidir sua posição na tabela de classificação.

Depois da derrota para a equipe do Niterói, ocorrida na última rodada. O Municipal dependia de uma Vitória, no embate desta quarta, para se garantir em primeiro do grupo A. Em caso de derrota, a equipe despencaria para a terceira posição, sendo ultrapassada pelo Niterói, algoz de domingo, deixando a primeira posição para o atual campeão Kobras.

No entanto, comandados por Rogger, que mais uma vez foi o melhor jogador em quadra o Municipal conquistou a vitória após um duelo do mais alto nível, uma verdadeira amostra do que os playoffs nos reserva.

A partida contou com uma série de atuações brilhantes. Por parte da Faculdade Gama e Souza tivemos: Victinho, com 21pts, 2reb, 4ass e 1rou; Colonoze, com 10pts, 8reb e 4ass; Beto Barros, com 12pts. 6reb e 1ass; e Rubens Martinelli, com 15pts, 6reb, 1ass e 1toc. Enquanto pelo Municipal os destaques foram: Rogger, com 22pts, 5reb, 5ass e 3rou; Somália, com 12pts, 6reb, 3ass, 3rou e 1toc; Robson, com 8pts, 13reb e 1ass; Patrick, com 12pts, 3reb, 1ass e 1rou; e Daniel, com 19pts, 3reb, 4ass e 1rou.

Com esse alto desempenho dos atletas o jogo foi ficando cada vez mais parecido com uma partida de xadrez, na qual Daniel Dutra e Bruno Space tiveram muito trabalho, principalmente nos minutos finais.

Por falar em  minutos finais, faltavam apenas 00:05 segundos para o fim, quando Daniel do Municipal, acertou uma bola de 3 pontos pra virar a partida e garantir a vitória a sexta vitóra da equipe na competição.

Se a fase de classificação terminou assim, imagine os playoffs.

Ontém a noite no Clube Municipal, em partida emocionante, decidida na última bola os donos da casa venceram a Faculdade Gama e Souza, e de quebra asseguraram garante o primeiro lugar do grupo na fase de classificação.

municipal x trovoes

A equipe comandada pelo excelente Gabriel Dutra teve pouco tempo pra se recuperar do revés de domingo. Voltando à quadra nesta quarta-feira a equipe precisou se recompor rapidamente, para decidir sua posição na tabela de classificação.

Depois da derrota para a equipe do Niterói, ocorrida na última rodada. O Municipal dependia de uma Vitória, no embate desta quarta, para se garantir em primeiro do grupo A. Em caso de derrota, a equipe despencaria para a terceira posição, sendo ultrapassada pelo Niterói, algoz de domingo, deixando a primeira posição para o atual campeão Kobras.

No entanto, comandados por Rogger, que mais uma vez foi o melhor jogador em quadra o Municipal conquistou a vitória após um duelo do mais alto nível, uma verdadeira amostra do que os playoffs nos reserva.

A partida contou com uma série de atuações brilhantes. Por parte da Faculdade Gama e Souza tivemos: Victinho, com 21pts, 2reb, 4ass e 1rou; Colonoze, com 10pts, 8reb e 4ass; Beto Barros, com 12pts. 6reb e 1ass; e Rubens Martinelli, com 15pts, 6reb, 1ass e 1toc. Enquanto pelo Municipal os destaques foram: Rogger, com 22pts, 5reb, 5ass e 3rou; Somália, com 12pts, 6reb, 3ass, 3rou e 1toc; Robson, com 8pts, 13reb e 1ass; Patrick, com 12pts, 3reb, 1ass e 1rou; e Daniel, com 19pts, 3reb, 4ass e 1rou.

Com esse alto desempenho dos atletas o jogo foi ficando cada vez mais parecido com uma partida de xadrez, na qual Daniel Dutra e Bruno Space tiveram muito trabalho, principalmente nos minutos finais.

Por falar em  minutos finais, faltavam apenas 00:05 segundos para o fim, quando Daniel do Municipal, acertou uma bola de 3 pontos pra virar a partida e garantir a vitória a sexta vitóra da equipe na competição.

Se a fase de classificação terminou assim, imagine os playoffs.

Ontém a noite no Clube Municipal, em partida emocionante, decidida na última bola os donos da casa venceram a Faculdade Gama e Souza, e de quebra asseguraram garante o primeiro lugar do grupo na fase de classificação.

municipal x trovoes

A equipe comandada pelo excelente Gabriel Dutra teve pouco tempo pra se recuperar do revés de domingo. Voltando à quadra nesta quarta-feira a equipe precisou se recompor rapidamente, para decidir sua posição na tabela de classificação.

Depois da derrota para a equipe do Niterói, ocorrida na última rodada. O Municipal dependia de uma Vitória, no embate desta quarta, para se garantir em primeiro do grupo A. Em caso de derrota, a equipe despencaria para a terceira posição, sendo ultrapassada pelo Niterói, algoz de domingo, deixando a primeira posição para o atual campeão Kobras.

No entanto, comandados por Rogger, que mais uma vez foi o melhor jogador em quadra o Municipal conquistou a vitória após um duelo do mais alto nível, uma verdadeira amostra do que os playoffs nos reserva.

A partida contou com uma série de atuações brilhantes. Por parte da Faculdade Gama e Souza tivemos: Victinho, com 21pts, 2reb, 4ass e 1rou; Colonoze, com 10pts, 8reb e 4ass; Beto Barros, com 12pts. 6reb e 1ass; e Rubens Martinelli, com 15pts, 6reb, 1ass e 1toc. Enquanto pelo Municipal os destaques foram: Rogger, com 22pts, 5reb, 5ass e 3rou; Somália, com 12pts, 6reb, 3ass, 3rou e 1toc; Robson, com 8pts, 13reb e 1ass; Patrick, com 12pts, 3reb, 1ass e 1rou; e Daniel, com 19pts, 3reb, 4ass e 1rou.

Com esse alto desempenho dos atletas o jogo foi ficando cada vez mais parecido com uma partida de xadrez, na qual Daniel Dutra e Bruno Space tiveram muito trabalho, principalmente nos minutos finais.

Por falar em  minutos finais, faltavam apenas 00:05 segundos para o fim, quando Daniel do Municipal, acertou uma bola de 3 pontos pra virar a partida e garantir a vitória a sexta vitóra da equipe na competição.

Se a fase de classificação terminou assim, imagine os playoffs.

Neste domingo dia 06 de agosto, o ginásio La Salle em Niterói, foi palco de mais uma transmissão online de partidas da LSB em parceria com a TV live Esportes. A segunda partida do dia aconteceu entre o time da casa, Niterói Basquete Clube e o Municipal Basquete, até então invicto na competição.

As duas equipes já estavão classificadas para os playoffs, mas o time da casa precisava acabar com a invencibilidade do rival pra sonhar com o segundo lugar do grupo. Por outro lado ao Municipal bastava uma vitória, nos dois jogos finais (Niterói e Faculdade Gama e Souza), para fechar a fase de classificação em primeiro lugar.

niteroi philipe

O Jogo:

 

1º Período:

Antes do fim da primeira partida a Torcida do Niterói já havia invadido as arquibancadas, dando o tom da partida que mais esperada do dia.

No entanto, quando o jogo começou o Municipal esfriou os ânimos da torcida local. Aproveitando-se da manhã inspirada de Roger, o time comandado pelo treinador Gabriel Dutra abriu 7 x 2, obrigando os donos da casa a pedir tempo.

A medida fez efeito, porque depois do tempo o Niterói voltou em outro degrau em termos de intensidade.

A postura dos donos da casa voltou a inflamar a torcida, que viu o time imprimir uma corrida de 16 x 3 do sobre os adversários pra fechar o primeiro quarto vencendo  por 18 X 10.

 

2º Período:

O segundo período começou amarrado, com abas as equipes tendo dificuldade para pontuar.

No entanto, Daniel Batista outrora bem controlado pela defesa do Niterói, a essa altura já colocava as mangas de fora e fazia diferença para o Municipal.

Alternando bons arremessos e movimentação de bola, Daniel assumiu o comando da partida e ao lado de Roger, passou a ditar o ritmo da partida.

Do outro lado, coube a Bernardo e Philipe, assumirem a responsabilidade, e mesmo com jogadas esparsas, conseguiram pontuar e manterem o Niterói a frente do marcador antes de ir para o intervalo (31 x 25).

 

3º Período:

O segundo tempo começou como terminou o primeiro com os times duelando por cada espaço.

A disputa na quadra era extremamente bem administrada fora dela. com ambos os treinadores realizando intervenções sempre que necessárias.

Numa dessas Gabriel Dutra, tirou o estreante Pietro de quadra e promoveu o retorno de Somália. O Pivô do Municipal entrou pilhado e conseguiu estabelecer uma boa disputa com Philipe do Niterói que até então sobressaiu nas disputas por espaço no garrafão.

A entrada do jogador contagiou a equipe do Municipal que chegou a cortar a vantagem para apenas uma posse de bola.

Contudo, do outro lado o técnico Marcos Pereira promoveu a entrada de Mingau. O experiente jogador do Niterói deu outra cara a equipe. Com uma excelente leitura de jogo e arremessos certeiros, ele conseguiu igualar a partida e manter a vantagem para o último e derradeiro quarto.

 

4º Período:

Como não poderia deixar de ser o último período aconteceu sob uma atmosfera de extrema pressão. Cada posse de bola, cada disputa de espaço era disputada até o limite.

Inevitavelmente os ânimos de jogadores e técnicos se exaltaram e deram bastante trabalho para os árbitros controlarem a partida.

Apesar da pressão promovida pelo Municipal, o Niterói soube, muito graças ao Mingau, controlar a ansiedade e encontrar as cestas nos momentos cruciais pra fechar a partida em uma vitória que só se decidiu na última posse de bola.

Fim da invencibilidade do Municipal, que agora joga contra o Faculdade Gama e Souza Trovões para decidir se termina em primeiro (em caso de vitória, tem vantagem no confronto com o Kobras), ou se termina em terceiro (em caso de derrota tem desvantagem no confronto com o Niterói).

 

Destaques:

Philipe (Niterói): 16pts, 7reb, 1ass e 5rou;

Higor Simas (Niterói): 11pts, 9reb e 4ass;

Bernardo Spindola (Niterói): 10pts, 8reb, 1ass;

Daniel Batista (Municipal): 17pts, 2reb, 2ass e 3rou;

Rogger (Municipal): 19pts, 5reb, 6ass e 3rou;

Patrick Ferreira (Municipal): 4pts, 4reb, 3ass.

Neste domingo (06/08), vai ter a terceira transmissão da Liga Super Basketball. Desta vez, o evento acontece na Universidade La Salle em Niterói e tem início às 09:00.

Mas o grande jogo do dia, fica por conta do confronto entre Niterói Basquete Clube e Club Municipal. As duas equipes entram em quadra às 10:30, válido pelo Campeonato Estadual Amador.

20431404 10212557043174575 3849914763644231078 n

Pude conversar com o Gabriel Dutra, treinador do Municipal e o Thiago Brani, presidente e jogador do NBC. Antes de mostrar o que ambos falaram, vamos entender o que está em jogo nesta partida.

Municipal entra em quadra invicto e com um jogo a menos. Já o NBC, perdeu duas vezes no campeonato mas vem mostrando uma evolução grande nesta reta final de temporada regular.

Veja abaixo como está o grupo:

clas

Os times parecem estar em fase diferente no campeonato, mas uma coincidência une as duas equipes: ambos vêm de vitória sobre o Anchieta Fears.

A equipe tijucana venceu o Anchieta por 86-64 no dia 02 de julho e o NBC venceu o Fears na última partida por 77-52 no dia 30 de julho, resultado que culminou o rebaixamento do Anchieta.

Então, esse confronto ser muito interessante para todos os expectadores.

Por ser uma partida que tem um grande apelo, o Thiago pode me dizer o que espera do evento e como está divulgação para o grande dia.

“A expectativa nossa como gestores do NBC é muito grande para o evento todo, os 3 jogos, 6h de transmissão. Faremos algo visando criar um divisor de águas para o NBC e para a cidade.

Estamos trabalhando pesado nas mídias de divulgação, alinhando ações promocionais para o evento junto aos nossos parceiros, fazendo produtos para venda entre outras coisas.

Esperamos um público circulando durante às 6 horas de evento, entre 100 e 300 pessoas, tendo seu pico no jogo do NBC. Então com a visão comercial, temos uma expectativa de atingir bastante nosso público, para cativa-lo.

Já para os atletas, a expectativa é jogar um excelente jogo, aparecer como um time unido na transmissão e dar alegria para nossa torcida. O jogo do dia 30 já foi fantástico, então a animação e ansiedade para o dia 6 está gigantesca ” disse Thiago Brani.

Ele pode me falar sobre a temporada do time e como estão se preparando para esse confronto contra a forte equipe do Municipal.

“Tratamos com muita frieza isto. Sabíamos que poderíamos tropeçar no início do campeonato devido a reformulação do elenco, chegada na série A e certas dificuldades financeiras que surgiram com a criação da associação e registro no CNPJ.

Mas isso tudo foi "planejado" e os resultados estão chegando agora, vindo no momento certo. Nossa filosofia é ter um time campeão sempre, jogar como campeões e vencer quem estiver na nossa frente. Se é o líder ou não, não importa, vai ter que jogar o seu melhor para ganhar da gente.

Temos 3 atletas com passagens na seleção brasileira, dos 15, 11 já foram seleção estadual, muitos têm campeonato estadual do Rio de Janeiro e São Paulo, campeonato nacional (NBB), pódio na LDB e título internacional. Então nosso time não é qualquer time. Favoritismo não vai pesar para o nosso elenco” completou Thiago.

Pelo lado do Municipal, o Gabriel falou um pouco sobre o seu adversário.

“ O time deles é bom, é um time bem treinado conheço a maioria dos atletas que jogam lá. É um jogo igual, vamos jogar fora de casa e sabemos todo o apoio que eles vão ter da torcida. Não tem essa de favoritismo, temos que ganhar jogo a jogo e é que pensamos. Vamos tentar fazer o que temos de bom, prevaleça na partida” disse Gabriel.

O time do NBC tem um atleta que tem tudo para entrar na seleção do mês, o armador Israel e o Gabriel falou o que deve fazer para conter o armador do Cacique.

“Quando vamos enfrentar um armador bom que está em um ótimo momento, a gente tenta tirar ele do jogo. Isso que vamos tentar fazer. “

Gabriel ainda ressaltou que o Higor Simas também é um atleta para se ficar de olho.

 O que sabemos até agora com toda a certeza, é que teremos uma grande partida no domingo e o torcedor que comparecer ao ginásio ou assistir em casa, vai ganhar e muito.

Neste domingo dia 30 de julho de 2017 a Faculdade Gama e Souza Trovões enfrentou o Bad Angels, em partida válida pelo Campeonato Estadual Amador. Já classificados para os playoffs, os Trovões encaravam a partida como parte da preparação para a próxima fase, enquanto o Bad Angels jogava contra o rebaixamento.

 gama e souza trovões

O Jogo:

1º Período:

A bola subiu e Vitinho dos Trovões deixou claro porque é um dos cestinhas da competição. Imprimindo uma velocidade enorme, ele cortava a defesa adversária como um raio e mostrava um impressionante controle do corpo e habilidade para finalizar.

Pelo Bad Angels, coube ao bolinho tentar diminuir o ímpeto adversário e controlar o ritmo da partida, na medida do possível, acionando seus companheiros e despejando bons arremessos do perímetro. Parcial (22 X 18).

2º  Período:

Vivendo grande fase (individualmente falando), Bolinho subia seu nível de jogo a cada minuto. Mostrava bastante empenho na defesa, mesmos em conseguir de fato ser impactante, mas era no ataque que o jogador do Bad Angles brilhava. Com uma mudança de comportamento de Vitinho da Faculdade Gama e Souza / Trovões, que passou a distribuir mais as bolas ao invés de continuar agredindo a cesta, o Bad Angels passou a equilibrar a partida.

O armador do Bad Angels, passou a puxar contra ataques e bagunçar toda a defesa com belas infiltrações no jogo de cinco contra cinco, sempre alternando entre finalizar as jogadas e servir os companheiros, o que tornava a sua marcação algo muito difícil.  

Com tudo isso, em especial a uma boa atuação de seus pivôs os Trovões conseguiram se manter à frente e foram para o intervalo vencendo por 42 x 36.

3º Período:

Na volta para o segundo tempo as duas equipes conseguiram melhorar suas defesas. O Bad Angels passou a contar com mais jogadores vindos do banco que permitiu descansar os titulares e dar sangue novo no duelo físico, enquanto os Trovões conseguiram diminuir o impacto das infiltrações de Bolinho, que a essa altura, lutava, contra o rebaixamento, contra o adversário e contra o próprio cansaço.

O empenho defensivo gerou impacto direto no placar que já não crescia com a mesma velocidade do primeiro tempo. Ainda assim, a disputa continuou muito boa, com direito a vitória parcial do Bad Angels que renovou seus ânimos para o último período, no qual entraria perdendo por  apenas 55 x 50.

4º Período:

Se no terceiro quarto Vitinho foi de algum modo contido pela defesa do Bad Angels, o mesmo não se pode dizer do último quarto.

O cestinha do Campeonato Estadual Amador voltou a mostrar todo seu repertório. Entre arremessos, infiltrações e cestas espetaculares ele comandou uma brilhante vitória de sua equipe que deixou um recado claro aos “favoritos”. Se quiserem vencer terão que encontrar um jeito de parar o vitinho sem dar espaços para os seus pivôs jogarem um contra um.

Quanto ao Bad Angels, Bolinho teve seu esforço recompensado, com a derrota do Anchieta para o Niterói o time permaneceu no Campeonato Estadual Amador e de quebra ainda ganhou uma vaguinha para os playoffs, onde enfrentarão a equipe da UVA.

Final 83 x 70 para a Faculdade Gama e Souza/Trovões

Quarta, 02 Agosto 2017 09:51

Santo Elias conquista boa vitória

Written by

Na partida válida pelo Campeonato Estadual Amador disputado no Iguaçu Basquete Clube, AVBN/Niterói enfrentou o Santo Elias. Veja como foi a partida.

IMG 7473

RESUMO DO JOGO

O Santo Elias começou da melhor forma possível a partida. A equipe conseguiu imprimir um ritmo de jogo muito forte, que pareceu pegar desprevenido o time do AVBN.

A defesa individual, os roubos de bola e a transição rápida da equipe do Santo Elias, fizeram com que a equipe abrisse uma boa vantagem no marcador e mostrasse ao bom time do AVBN que a partida não seria fácil.

Mesmo começando mal, aos poucos o time de Niterói foi se encaixando na partida. Principalmente com a ajuda dos bons arremessos do Capilé (24 pontos, 6 rebotes e 4 assistências) que levou o time para o intervalo, com uma desvantagem de apenas um ponto no marcador.

Na volta do intervalo, o Santo Elias voltou mais focado e conseguiu mais uma vez encaixar a sua defesa. Vale ressaltar, que a equipe do AVBN não parecia estar em um dia bom. Os arremessos que normalmente caiam, nessa partida não aconteceu. O adversário não tem nada a ver com isso e aproveitava muito bem a oportunidades.

Foi assim que o Tiago Paulino (23 pontos e 4 assistências), Ian Sanches (21 pontos, 6 rebotes e 2 assistências) e Silvio Adriano (13 pontos e 13 rebotes), conseguiram fazer o Santo Elias crescer na partida e sair de Nova Iguaçu com uma ótima vitória por 79-69.

A última partida do dia na Vila Olímpica de Mesquita aconteceu entre Santo Elias e Jacarepaguá Tênis Clube.

Com as duas equipes contando com apenas uma vitória, a partida que encerra a participação da equipe da Zona Oeste na fase de classificação. Enquanto o Santo Elias com um jogo a menos ainda enfrentará o AVNB Niteroi antes do término da fase de classificação.

 douglas rodrigues jtc

O Jogo:

 1º Período:

O primeiro quarto começou agitado, com as duas equipes equipes se movimentando bastante, mas cometendo muitos erros.

Correria por correria, melhor para JTC, com uma equipe jovem, que surpreendeu as expectativas inicias, contou com um início de partida brilhante de seu capitão, Douglas Nascimento, pra fechar a frente por 14 x 10.

 2º Período:

O segundo quarto continuou bem movimentado, mas com as duas equipes aumentando a produção ofensiva. Este aumento na produção ofensiva deve muito ao aumento na velocidade do jogo. O Santo Elias queimava os ataques de forma bem rápida e proporciona ao JTC um contra ataque que eles adoram.

Com isso, coube ao JTC aproveitar as oportunidades para correr, pontuar e fechar o primeiro tempo vencendo por 37 x 25.

3º Período:

No intervalo o técnico do Santo Elias de ter dado aquela bronca, porque na volta para o segundo tempo a equipe era absolutamente diferente.

Tomando mais cuidado com a posse de bola e aproveitando a vantagem física no garrafão, o Santo Elias até conseguiu cortar a vantagem, até que o próprio Santo Elias parou o jogo com um pedido de tempo e permitiu ao seu adversário se reestruturar. Pra voltar a vencer e levar a partida para o último período vencendo por apenas 59 x 42.

4º Período

Apesar dos esforços do Silvio Adriano, o Santo Elias não conseguiu muito mais do que trocar cestas com o JTC, que apesar de ter que administrar um problema de faltas desde o período anterior, quando teve Logan Procópio eliminado com 5 faltas, conseguiu lidar com a vantagem e controlar a partida pra vencer por 80 x 64.

Destaques:

Victor Mendes (JTC): 18pts, 5reb, 8ass e 4rou;

Jorge Pinheiros (JTC): 12pts, 13reb, 1ass, 8rou e 3toc;

Douglas Nascimento (JTC): 21pts, 8reb, 6ass, 5rou e 1toc;

Silvio Adriano (Sto Elias): 25pts, 11reb e 2toc;

Bruno Alves (Sto Elias): 8reb, 4ass 1rou e 1toc;

Diego Felicio (Sto Elias): 15pts, 2reb, 7ass e 3rou.

Segunda, 24 Julho 2017 23:24

Mackenzie líder

Written by

mackenzie estadual

Na partida válida pelo Campeonato Estadual Amador no Sport Clube Mackenzie, Perphorma enfrentou o Mackenzie. Veja como foi a partida.

RESUMO DO JOGO

Em uma das partidas mais esperadas do dia, o Mackenzie entrou quadra em busca de consolidar a sua primeira posição no grupo B do Campeonato Estadual Amador, só que a equipe tinha que passar pelo forte time do Perphorma.

O jogo começou parelho e as duas equipes não eram muitos eficientes em quadra, mas vimos algumas boas jogadas do Perphorma dentro do garrafão e boas bolas do mid-range do Mackenzie.

A equipe do Perphorma venceu o primeiro quarto por 9-8, mas foi o único período que a equipe esteve à frente.

O Mackenzie aos poucos conseguiu impor o seu ritmo, a sua boa rotação ofensiva e a coletividade na partida. Essa coletividade foi vista nas estatísticas, dos dez atletas que entraram em quadra, todos pontuaram. Isso foi determinante para o resultado.

Enquanto a equipe da casa conseguiu distribuir bem os pontos, o Perphorma fez uma partida muito abaixo do esperado e terminou com um aproveitamento de 19% nos arremessos tentados em quadra. O maior destaque foi o Rafael Alves, que terminou o jogo com 12 pontos e 6 rebotes.

O Mackenzie venceu os dois tempos, 26-15 e 39-19, para conquistar uma vitória importante por 65-34 e confirmar a primeira posição no grupo B. 

Terça, 25 Julho 2017 23:17

UVA vence AVBN

Written by

Na partida válida pelo Campeonato Estadual Amador no Sport Clube Mackenzie, UVA Tijuca enfrentou o AVBN Niterói. Veja como foi a partida.

leo medeiros

RESUMO DO JOGO

 

A equipe da UVA entrou em quadra querendo assegurar uma boa posição nos playoffs, contra a equipe do AVBN.

Top