LSB vira tema de TCC sobre lesão no esporte

Sob o título “Lesões em atletas amadores de basquetebol +35 da LSB”, a Liga Super Basketball (LSB) virou tema do Trabalho de Conclusão de Curso de Educação Física de Rodrigo de Lima, estatístico da Liga. Para sustentar suas pesquisas e assim tirar conclusões, o estatístico fez um questionário que buscava analisar o perfil e as lesões de 33 atletas do Master +35 da LSB. No dia 1° de Julho, a banca se reuniu online através de um aplicativo de videoconferências e o futuro educador físico defendeu com sucesso seu projeto.

Perguntado sobre a ideia de falar sobre a Liga, Rodrigo contou que foi por admiração.

“O que me motivou a fazer um trabalho a respeito da LSB foi a minha paixão pelo basquete e também pela Liga. Eu gosto muito da Liga e ela entrou na minha vida em um momento muito difícil, o esporte nos finais de semana (quando ocorrem os jogos) traziam muita alegria. Quando eu fui escolher o tema do TCC e era livre, eu fiz questão de falar sobre ela”, contou Rodrigo.

Sobre a motivação para sua pesquisa, Rodrigo contou que, além da paixão pelo esporte, queria também levar informação.

“Eu achei que seria legal ter um estudo desse que servisse de base para os atletas de categoria de base que não tem acesso à esse tipo de informação, pelo fato da maioria dos clubes não se tratarem de clubes de grande expressão. Resolvi fazer essa pesquisa e gostei muito, me sinto muito feliz com o resultado”, disse o estatístico da LSB.

Para o projeto, Rodrigo fez um questionário com 13 perguntas sobre as lesões e sobre o perfil dos participantes voluntários. O público-alvo foi formado por 33 atletas amadores de basquetebol masculino do Master +35 da LSB, onde todos praticam o esporte desde seus 12 anos.

As perguntas buscavam analisar o perfil dos atletas, como o tempo e o tipo de treinamento, e suas lesões, como possíveis reincidências, tempo de recuperação e o tratamento das mesmas. O objetivo era conseguir traçar gráficos estatísticos para chegar a conclusões. O questionário contava com 13 perguntas, conforme fotos abaixo.

Com a pesquisa, Rodrigo conseguiu concluir que a maioria dos atletas se lesiona de forma acidental e que o fator socioeconômico é determinante na qualidade e no tempo da recuperação do atleta.

“Através do questionário a gente conseguiu concluir que a maioria dos atletas dentro da nossa amostra se lesionaram de forma acidental, além de que a maioria tinha acompanhamento médico e fisioterápico e se preveniam pra não ocorrer esse tipo de lesão. A gente também concluiu que o fator socioeconômico é crucial na recuperação da lesão do atleta, porque uma vez que ele tem uma boa condição financeira (o caso de mais de 90%), ele tem acesso a um bom plano de saúde e aos melhores preparadores físicos e fisioterapeutas. O tempo e a recuperação da maioria foi rápida justamente por isso”, revelou o futuro educador físico.

Com seu Trabalho de Conclusão de Curso aprovado, Rodrigo contou sobre suas expectativas e metas na educação física e no basquetebol.

“Eu quero continuar construindo uma carreira no basquete e quero chegar longe como vejo tantas pessoas chegando dentro do esporte, que são pessoas que me inspiram a serem melhores. Elas fazem tudo isso por amor e eu também sou assim, eu sempre quero ajudar os outros sem nada em troca, só por amor, por isso eu me identifico e gosto tanto da LSB e inclusive estou morrendo de saudades”, declarou.

Rodrigo de Lima com o uniforme da LSB

Para ver o TCC completo de Rodrigo de Lima, basta clicar no anexo abaixo:

PROJETO FINAL – LESOES EM ATLETAS AMADORES DE BASQUETEBOL +35 DA LSB_8 (2)